top of page
pinkie-promise-white-50x70_3a189.jpg

Por Mauro C. Souza
 

FAZ UM PACTO COMIGO

Uma adolescente está sentada no chão frio e sujo de uma prisão da cidade. O seu cabelo loiro está desarrumado, o seu rosto entre as mãos como se quisesse escondê-lo de todos. Tem 16 anos de idade. O seu nome, Susan. Estaria chorando? Estaria confusa e deprimida?

Na cela ao lado está outra garota, provavelmente da mesma idade, ela insiste em ser chamada de Mary Jo. Ficou encostada na parede daquele lugar sujo. Uma mecha de seu lindo cabelo, que é cor de violeta, estava enrolado em seu dedo e seu semblante brilhava de tédio.

'Me perdoa', disse Susan. 'Acabei envolvendo você nos meus problemas. Não devia ter feito isso.' 

 

'Susan!' a garota respirou como se já tivesse dito dezena de vezes, 'você não fez nada de errado.'

Susan levantou a cabeça e olhou diretamente para Mary Jo. 'Você foi comigo até aquele mercado e me ajudou a roubar aquelas coisas, e agora isso vai arruinar as nossas vidas.'

'E daí?' Mary Jo perguntou retoricamente. A mecha de seu cabelo caiu novamente no lugar enquanto ela movia a cabeça na direção de Susan. 'Um pouco de tempo na cadeia não vai nos prejudicar. Estamos aqui por um único motivo: estávamos com fome e há dias não comíamos uma refeição decente.' 

'Esta prisão pode custar seu futuro, e quanto aos seus planos? Seus sonhos? Não quero ser a pessoa que arruinou seu futuro.' A voz de Susan foi sumindo e se misturou com o choro. Ela estava triste.

De repente, um silêncio caiu sobre elas enquanto Mary Jo tentava dizer algo mais. 'Olha Susan, você é importante para mim.' Ela deslizou as costas na parede e sentou-se no chão. 'Existem muitas possibilidades para mim e para você. Além disso, ainda temos alguns anos antes de tornarmos adultas. O problema agora é que estamos longe de nossas famílias, não temos dinheiro e seus problemas também são meus.'

Susan ouviu em silêncio. Ela queria chorar. Seu lábio inferior ficou preso entre os dentes enquanto uma lágrima rolou por seu rosto. 'Promete?'

'Promete o quê?' perguntou Mary Jo.

'Promete que você está falando sério quando diz que não é minha culpa e que tudo vai ficar bem.' Susan olhou para Mary Jo com os olhos embaçados pelas lágrimas.

Mary Jo sorriu. Ela se levantou, caminhou até Susan e a abraçou fortemente. Depois de cruzarem os dois dedos mindinhos, ela disse: 'Prometo.'

"Todos os dias, mais de 48.000 jovens nos Estados Unidos são mantidos em instalações longe de suas casas por ordem da justiça juvenil ou do sistema de justiça criminal. A maioria deles é mantida em instalações do tipo correcional restritivas, e milhares são detidos sem sequer serem julgados." 

(Iniciativa de Política Prisional 

bottom of page